Perguntas Frequentes

O que é o crudivorismo vegano higienista?
O crudivorismo vegano higienista (CVH), também conhecido como crudivorismo vegano hipo-lipídico, é uma alimentação baseada nos estudos da fisiologia, anatomia e biologia da raça humana, os quais nos levam a determinar nossa alimentação ideal através de um parâmetro científico.O sufixo “voros” é utilizado para determinar a fonte de onde cada grupo de animais deriva primariamente suas necessidades calóricas, ex: carnívoros, frugívoros, herbívoros. Na natureza, todos animais que compartilham de anatomia e fisiologia similares aos humanos, prosperam em uma dieta de frutas e vegetais.

O CVH é uma dieta frugívora como sugerida por vários dos mais respeitados higienistas da atualidade, devido a um dos fatos serem que todos animais similares a nós em termos de anatomia e fisiologia são frugívoros. Frugívoro é a classificação determinada pela biologia a todos animais que derivam primariamente suas calorias de frutas e vegetais. Seres humanos são também classificados pela ciência como antropóides, e os primatas antropoídes chegam a compartilhar com os seres humanos, em média 98% ou mais de seu DNA. Se utilizarmos da anatomia comparada, podemos notar que de todos animais na natureza somos mais similares aos primatas antropoídes, e se estivéssemos na natureza e sem ferramentas, seríamos forçados como eles a uma alimentação baseada em frutas e vegetais.

Ademais, ao observar a natureza, podemos notar que toda raça tem uma dieta para a qual foi criada, mesmo que, na falta de seus alimentos ideais, ela seja literalmente forçada a se alimentar com aquilo que consegue obter.
Atualmente as grandes vertentes da medicina e as melhores pesquisas com credibilidade indicam que uma dieta rica em gordura, sal e alimentos refinados, é uma das maiores causas dos problemas de saúde nos dias de hoje, assim como provam a superioridade das frutas e vegetais em termos de nutrição humana. Essa constatação apóia as premissas do CVH, que defende a infinita superioridade das frutas e vegetais na dieta humana.

No entanto, seguindo às recomendações da Higiene Natural quanto aos outros elementos necessários à saúde humana, o CVH se torna mais que apenas uma dieta. Ele é, na verdade, um estilo de vida pois, além da dieta natural, incorpora exercícios físicos, sol e descanso apropriado entre diversos outros fatores. E, assim, produz níveis de saúde sem precedentes e incomparáveis ao da sociedade em voga. Por mais “desconhecido” que seja, é hoje usado por inúmeros atletas profissionais e entusiastas de saúde no mundo todo, sendo mais conhecido pela sigla LFRV, Low fat raw veganism em Inglês que em Português significa crudivorismo vegano hipo-lipídico.

Para concluir, o crudivorismo vegano higienista é uma dieta crudívora, basicamente composta de frutas, vegetais, nozes e sementes em seu estado não processado e fresco, ou seja, da maneira como essa alimentação nos é fornecida pela natureza.

Como é uma dieta crudívora vegana higienista na prática?

É uma dieta crudívora/frugívora (frutas e frutas-vegetais, vegetais folhosos verdes tenros, vegetais crucíferos, sementes e nozes), ao invés de uma dieta frutariana. Muitas pessoas acreditam ser possível viver apenas de frutas por longo prazo, excluindo os vegetais, ao que se denomina frutarianismo, no entanto não é recomendável tal prática.

Uma dieta frugívora consiste em refeições com grandes quantidades de frutas e vegetais. Devido a esses alimentos conterem uma baixa densidade calórica, é necessário uma grande quantidade deles para alcançarmos as mesmas calorias que obteríamos com outro tipo de alimento.

Como exemplo, um almoço, para uma pessoa moderadamente ativa, poderia ser composto de 5 bananas grandes e 3 mangas.

Em que o crudivorismo vegano hipo-lipídico, se diferencia das outras abordagens do crudivorismo?
Aponta que os alimentos naturais para o organismo do ser humano são as frutas, vegetais, nozes e sementes. Enfatiza primariamente frutas e vegetais, ao invés de grãos germinados, e coincide com recomendações de todos os maiores nutricionistas e médicos da atualidade, baseados nos mais importantes estudos atuais que advogam uma dieta hipo-lipídica.Além de indicar esses alimentos como prioritários para nossa alimentação, dá grande importância à necessidade da utilização de apenas alimentos frescos e integrais, como encontramos na natureza, sem utilização de sal, óleos, temperos, etc. Promove que as refeições simples e com a devida combinação alimentar fará com que tenhamos uma melhor digestão, absorção e assimilação dos alimentos e nutrientes, e deixará de acarretar subprodutos tóxicos que ocorrem devido a má digestão, álcool, ácido acético, afora a flatulência, etc.
O que é combinação alimentar?
O termo combinação alimentar se refere aos alimentos que são compatíveis entre si em sua química digestiva. Fisiologistas reconhecem há mais de um século que a eficiência da digestão e a nutrição de um organismo, em grande parte, dependem dos tipos de alimentos combinados em uma refeição. No entanto, por mais que seja um fato comprovado em laboratórios, nunca foi devidamente aplicado à cozinha e hábitos alimentares dos seres humanos na atualidade.Podemos observar que os animais não misturam vários alimentos em uma só refeição, com exceção do homem que mistura os mais diversos tipos de alimentos de uma só vez.
O quanto comer?

Após, então, sabermos quais são as fontes ideais para buscar nossos nutrientes (frutas, vegetais, nozes e sementes), é de extrema importância saber o quanto comer. A maioria dos crudívoros, a curto e longo prazo, não compreendem porque eles mesmos enfrentam dificuldades de se manter apenas com comida crua e pensam tão frequentemente em comida. Na maioria das vezes é simplesmente por falta de calorias, e calorias provenientes das fontes certas. Para esclarecer melhor, sem uma ingestão adequada de calorias, a pessoa sente-se fraca, com desejos intensos por comida e passa a ter um desempenho medíocre em atividades físicas.

Mesmo quando parado, nosso corpo gasta uma quantidade bastante grande de calorias, esse gasto calórico em repouso recebe o nome de Taxa de Metabolismo Basal. Uma aproximação bastante grosseira, mas útil, dessa taxa é multiplicarmos nossa massa corpórea por um fator de correção. Usualmente, no Brasil e em países que adotam o SI (Sistema Internacional de Unidades), o quilograma é utilizado como unidade.

O fator de correção para esse caso é aproximadamente 20. Exemplo: Um homem de 75kg, precisaria de 75×20 = 1500 cal só para se manter vivo em repouso. Existem dezenas de autores que sugerem equações para esse cálculo. Elas divergem entre si bastante. A máxima diferença é de 17%. Para encontrar essas equações vá até http://www.cdof.com.br/nutri2.htmApós conhecer o metabolismo basal, é necessário estimar o quanto se gasta em atividades do dia-a-dia, exercícios e afins.

Muitos propagadores de dietas crudívoras dizem que essa contagem de calorias, e mesmo a distribuição calórica entre os macronutrientes, é desnecessária se a pessoa comer tudo cru. Dizem que se for cru já é o suficiente para se ser a pessoa mais saudável da Terra. E promovem dietas ricas em gordura e combinações alimentares absurdas, sem a mínima observação da nossa fisiologia digestiva. Vão na direção contrária ao que as autoridades na área de saúde e nutrição defendem e, mais do que isso, comprovam. Usado de forma incorreta, não é à-toa que inúmeras pessoas não obtenham os resultados esperados com o crudivorismo e retornam a comida cozida.

Consegue alguém realmente viver somente de frutas, vegetais, nozes e sementes?
A estimativa científica é que a raça humana já habita o planeta em torno de 8 milhões de anos. E também que foi no chamado período neolítico, há 10 mil anos atrás, que foi introduzida a prática de cozinhar os alimentos. Na mesma época surgiu a agricultura de grãos e o domínio do plantio, a domesticação de animais, e, consequentemente, o processo de sedentarismo do homem se estabeleceu gradualmente.A estabilidade obtida por essas novas técnicas de domínio da natureza e dos animais também possibilitou o crescimento populacional, devido a uma maior quantidade de comida disponível, o que levou à formação de grandes aglomerados populacionais. Apesar disso, os pesquisadores sugerem que também foi no período neolítico que a saúde humana começou a declinar constantemente e que só há menos de 100 anos, existem práticas tão artificiais como as da atualidade.

Podemos assim concluir que os seres humanos consumiram, praticamente durante toda sua existência, uma dieta similar à descrita neste site e só recentemente é que alteraram a sua alimentação, passando a cozinhar e temperar diversos tipos de alimentos para que assim pudessem se tornar comestíveis. Pois não é possível, viável ou prazeroso para a raça humana, comer diversos alimentos que são ingeridos atualmente em sua forma crua e sem temperos.

Sim é possível e existem inúmeras pessoas que levam uma dieta crudívora vegana hipo-lipídica há décadas e apresentam um parâmetro de saúde, muito além do “normal”.

Como funciona a consultoria/Coaching?
Definição de coaching: o coach (treinador, em uma tradução ao pé da letra) atua encorajando e/ou motivando o seu cliente, procurando transmitir-lhe capacidades ou técnicas que melhorem a sua capacidade profissional ou pessoal, visando a satisfação de objetivos definidos por ambos, considerando idéias como a de que o simples fato de compartilhar pensamentos/idéias que estão soltos e poder organizá-los, auxiliando seu cliente a concretizar suas metas.A consultoria é uma prática utilizada em diversas áreas, se tornando uma prática comum entre a comunidade crudívora mundial. Para praticar algo que não temos conhecimento, precisamos ler muitos livros na área desejada ou um professor. Mesmo obtendo muitos livros na área, você precisará utilizar muito tempo e ter paciência e muita dedicação, até otimizar e aprender todos os detalhes práticos. Imagine por exemplo, aprender a dançar uma dança de salão, ou uma luta específica, sem um professor?

Devido a imensa quantidade de detalhes e a enorme mudança que precisa ser feita para adotar um estilo de vida crudivorista e conseguir compreender a saúde de uma forma holística, um orientador experiente facilita imensuravelmente tal mudança e adaptação, auxiliando na correção de inúmeros erros que praticamente todos os novatos cometem no início. Tais erros, são o fator principal que leva a maior parte das pessoas a desistirem de tal empreitada.

Assim, um consultor crudívoro, ou como chamado nos Estados Unidos o “raw-food coach” é um indivíduo que ensina os detalhes práticos e téoricos do crudivorismo.

Portanto, a consultoria oferecida neste site se baseia em otimizar o estilo de vida da pessoa orientada, nos princípios da Higiene Natural. O orientador deste site é apaixonado por poder auxiliar e compartilhar as informações que salvaram e mudaram completamente sua vida e saúde.

Anúncios

21 respostas em “Perguntas Frequentes

  1. Estou com muitas duvidas em relação a batata, mandioca, batata baroa, inhame …. legumes que comemos cozidos como faze-los? Obrigada

    • Prezada Rosangela, peço que leia meu site e blog, acesse nosso grupo no facebook, já que temos quase 2 mil pessoas seguindo o frugivorismo por lá que podem ajudar. Caso queira, ofereço consultoria e também sugiro que leia meus livros para entender mais sobre como praticar.

  2. As frutas secas como damasco e ameixa, são cosideradas cruas mesmo após o processo de secagem que eleva a temperatura a mais de 70 C?

    • É relativo a que vertente do crudivorismo você esteja perguntando. No caso do higienismo e nossa dieta frugívora, consideramos elas “cruas” mas frisamos que não são alimento ideal e não deve ser usado frequentemente e em grandes quantidades.

    • Tem gente que considera, tem gente que não. Não uso elas no meu dia a dia, mas uso em algumas receitas, já que elas intensificam o sabor e auxiliam novatos ou pessoas onívoras a se interessarem pela dieta frugívora.

  3. Olá Eduardo,
    Tenho dúvidas em relação a B12. Estive em uma palestra onde vc falou que iria abordar este tema em um próximo livro. Tem alguma previsão de quando será o lançamento?
    Obrigada
    Susana

  4. Opa Eduardo,
    Gostaria de saber se é necessário algum tipo de suplementação ao seguir o frugivorismo, como b12, d3…
    Tenho me interessado muito em começar uma dieta crudívora, mas ao mesmo tempo fico meio preocupado por não saber exatamente como começar. Mas vou procurar me informar mais e manter contato, obrigado =D

    • Gostaria de saber o que você acha do Dr. Douglas Graham? Quem mais você poderia indicar como sendo uma boa fonte de conhecimento crudívoro, ou quais sites você poderia indicar para que eu possa da o primeiro passo na dieta frugivora?( não importa se são conteúdos estrangeiros)
      Agradeço Eduardo, abraço

      • O Doug Graham foi meu “mentor”, já que comecei através de seu livro 80/10/10. Eu recomendaria começar assistindo meus vídeos no youtube, lendo meu blog e site e meus livros. Lá fora eu sugiro só o Doug mesmo. O patenaude, o dave klein e outros também são boas inspirações, mas o patenaude deixou de ser 100% frugívoro…

        Acredito ter o que há de mais recente e mais atualizado em termos de frugivorismo e higienismo nos meus três livros…

      • Pois é, vi depoimentos de frugivoros que não suplementam a muito tempo e estão com níveis normais de vitaminas e minerais no sangue, e estão muito saudáveis.
        Vou tentar achar os livros no Gandiva yoga, aqui em curitiba, caso não ache eu encomendo pelo site, estou determinado a mudar de vida! Tudo de bom irmão!

  5. Olá Eduardo, gostaria de saber como ter acesso a sua consultoria, vou começar essa nova dieta e vou precisar de alguem me auxiliando!

    Pamella

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s